9.11.06

Reciclagem


A melhor forma de usar o computador, depois que começa a dar muitos defeitos...
Foto: picarelli

29.10.06

Brasil da Impostura

As famílias mais pobres, teoricamente os eleitores do presidente Lula, estão pagando 73% a mais de impostos do que há dez anos. Um estudo da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), da Universidade de São Paulo (USP), revela que o governo já abocanha 49% da renda das famílias que ganham até dois salários mínimos por mês (R$ 700). Em 1996, essa mordida era de apenas 28,2% - uma diferença de 21 pontos porcentuais. Famílias com renda superior a 30 salários mínimos (R$ 10 mil e 500 reais) também sofreram aumento da carga no período, mas bem menos doloroso: de 18% para 26%.

Dos pobres para os ladrões

A transferência de renda dos pobres para o governo atinge 61 milhões e 400 mil brasileiros, o que representa 70% dos 87 milhões e 700 mil ocupados em todo o País no ano passado, conforme a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada na semana passada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).A maior parte da sangria tributária imposta à população de baixa renda é provocada pelos chamados impostos invisíveis, embutidos nos preços das mercadorias - como IPI, ISS, Cofins, PIS e ICMS.

Tais impostos são chamados de invisíveis porque a maioria das pessoas não tem idéia do peso que têm em seu orçamento nem sobre o destino do dinheiro. No período pesquisado pela Fipe, a carga invisível aumentou de 26,5% para 45,8% da renda das famílias que ganham até dois mínimos. Já o impacto da tributação direta - como IR, INSS, IPTU e IPVA - passou de 1,7% para 3,1%.

Fonte:Jorge Serrão, Especialista em Administração Pública e Assuntos Estratégicos.

16.9.06

São Paulo das ruas



Nas ruas da cidade, alguns são anjos. Outros são santos. Há os que são deuses gregos, cujo Olimpo é uma lanchonete na praça do Patriarca, bem no Centro de São Paulo. Lá, eles trocam por notas uma féria diária de R$ 30 a R$ 50 em moedas, conseguidas ao longo de pelo menos 8 horas de trabalho. Estáticos, contrastam com a correria da cidade. As estátuas vivas de São Paulo são conhecidas. Muitos já ouviram falar delas, muitos as vêem diariamente. O que talvez não saibam é que por trás de anjos, santos ou deuses existem pessoas simples, artistas anônimos e dedicados. Apolo, o mais belo deus grego é, na verdade, o gaúcho Fausto. Hermes, o deus do comércio, é Paulo, de mãe artista. Afrodite, a deusa do amor, é Alessandra, uma estudante de geografia que escreve peças de teatro. Os três falam de seu trabalho e de suas aspirações. Falam também que, algumas vezes, são hostilizados. Seja como for, para eles a rua é o palco. Nela eles vivem seus sonhos.

Por Lúcia Helena de Camargo
Fotos: Paulo Pampolin/Digna Imagem
Fonte

14.8.06

A farsa



O comunicado do PCC lido na Globo deixou bem claro: ou alguém acreditou que os bandidos fariam tudo isso para reivindicar mordomia carcerária? Criariam uma situação de risco para eles só para reivindicar aquilo que ongs que defendem criminosos já fazem (e até são financiadas pelo governo para tal)?? Alguém ainda tem dúvida que o barulho tem endereço: a campanha de Serra?

8.8.06


Invasões, digo cotidiano brasileiro...

5.8.06

E os brasileiros de Israel??

O presidente Lula da Silva disse que o governo brasileiro fez o "que era possível" para ajudar os brasileiros que estão tentando sair do Líbano.

1.7.06

Meu reino por uma Copa

Pintor de parede


As loucuras de quem se desdobra para torcer pelo Brasil, seja pintando a casa, seja pagando R$ 8 mil por uma tevê

Torcedores fanáticos como o pintor de paredes Gilberto de Arruda e Silva, de 47 anos, que nunca jogou futebol, vão muito além na demonstração de amor pelo futebol. Cometem loucura, como passar dias e varar madrugadas pintando e decorando a casa. Na avenida Brasil, bairro Cohab Nova, até poucos dias a modesta casa de Silva passava despercebida. Agora, porém, é o destaque do bairro e provavelmente da cidade.

Gilberto Silva, xará do volante reserva da seleção, desenhou no muro a imagem do jogador Ronaldo, o “Fenômeno”, comemorando com taças de champanhe o hexacampeonato ao lado das dançarinas Sheila Carvalho e Sheila Melo. Na fachada da casa dele não restou um único espaço sem inspiração futebolística. Paredes, janelas e portas estão cheias de símbolos da seleção brasileira, do Mixto Esporte Clube e do Flamengo, suas grandes paixões. Nos desenhos de Silva, a sexta estrela já está na camisa dos atletas.

Para cada desenho impresso, Silva tem um argumento. Sobre a presença das dançarinas, por exemplo, ele diz que, para representar a alegria e o amor dos brasileiros pelo futebol, é necessário misturar música, dança e mulher bonita. “As Sheilas dançam ao lado de Ronaldinho chamando a sexta estrela”, explica.

Mas por trás dos desenhos que exalam paixão e alegria, há um torcedor que vive um drama financeiro. Sem emprego fixo, vivendo dos bicos que faz como pintor, Gilberto Silva não dispõe de aparelho de tevê para assistir aos jogos e está com a luz cortada. Silva conta que há meses seu televisor queimou e não teve mais conserto. Depois, não teve dinheiro para quitar a conta de energia elétrica.

Sem perder o humor, ele diz que vai assistir ao jogos em casas de vizinhos. Mas aproveita a reportagem para fazer um apelo: ”Se alguém tiver uma tevê sobrando, aceito como presente”.

Time desclassificado

23.6.06

15.6.06

Usar saias requer alguns cuidados...

10.6.06

Trabalho infantil na cidade e no campo



Para o procurador do Ministério Público do Trabalho de Campinas, Ricardo Garcia, ainda assim a situação do trabalho infantil no campo não deve ser subestimada. Ele admite que desde o final da década de 1990 os números melhoraram bastante, principalmente nas grandes lavouras, mas relata que ainda existe abuso e perigo para os menores em regiões do Estado de São Paulo. " Quanto menor a cultura, mais desorganizada e mais distante dos centros urbanos, maior o número de crianças trabalhando", avalia.
Emilio Sant'Anna/ O Estado de São Paulo

8.6.06

Vandalismo


MLST sob comando de Bruno da executiva do PT
AQUI
Sinval Neto, Do CorreioWeb

30.5.06

Brinde

Manual do arquiteto descalço

Um livro destinado a estudantes de arquitetura interessados em bio-arquitetura; a pessoas que queiram planejar ou construir sua própria casa, a mestres-de-obras, pedreiros, carpinteiros, bombeiros ou artesões;autoridades dos pequenos municípios, envolvidos no plano de desenvolvimento urbano das comunidades e seus arredores, seu abastecimento de energia, sistema de saneamento ou a disposição das atividades, locais de serviços e habitações; extensionistas rurais para que possam auxiliar às populações assistidas no emprego de tecnologias apropriadas; técnicos que trabalham em zonas urbanas precárias, para que ajudem a aumentar a participação da comunidade no projeto e na construção de suas moradias e entorno.

A informação é proporcionada através de vários desenhos e ilustrações, quase sempre em perspectiva e da maneira mais clara possível.Manual do arquiteto descalço, Johan van Lengen. Porto Alegre: Livraria do Arquiteto

16.5.06

"Dos Milagres"



O milagre não é dar vida ao corpo extinto,
Ou luz ao cego, ou eloqüência ao mudo...
Nem mudar água pura em vinho tinto...
Milagre é acreditarem nisso tudo!

Mario Miranda Quintana

Por E-mail

Prezada Senhora, quero lhe dar parabéns pelo seu ótimo blog. Gostei muito. Tomei conhecimento dele, através de outros blogs que sempre visito. Tentei comentar lá, mas como não sou bloguista, não consegui. Vi que a gente tem que se cadastrar, mas... como demoraria e o problema maior seria eu guardar a senha (rsrsrs... a idade faz a memória pifar!) resolvi cumprimentá-la através de e-mail. Muito sucesso! Abraços.

Lis Souza

15.5.06

CRIME ORGANIZADO

Foto: Estadão

Preso líder do PCC acusado de chacina em São Paulo

Os ataques e as rebeliões foram deflagrados pelo PCC depois que as autoridades transferiram seus líderes para a carceragem do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), em São Paulo, e cerca de 760 presos ligados à organização criminosa para a Penitenciária 2 de Presidente Venceslau. A transferência foi feita justamente porque o governo estadual descobriu que o PCC planejava uma megarrebelião para este final de semana, aproveitando o Dia das Mães...
Rebeliões e ataques deixam 77 mortos; detentos controlam 57 unidades de SP

11.5.06

“contrabandistas”


Evo Morales defendió en Viena la nacionalización de los hidrocarburos y denunció a las petroleras que operan en Bolivia

Dijo que hay 70 contratos de empresas que son inconstitucionales. Afirmó que Petrobras trabajó ilegalmente es su país y reiteró que las compañías no serán indemnizadas porque, según su opinión, no hubo expropiación de bienes.

27.4.06

O que a TV não mostra



Nas ruas de Goiana , manifestações contra o Governo Lula.


15.4.06

Flor de Macela


Uma tradição da Semana Santa: a colheita, durante a madrugada, da Flor de Macela nas regiões serranas do sul do Brasil.

14.3.06

O toque nas ruas...




Operação Asfixia

Um bebê de 26 dias, uma mulher e um homem foram feridos por estilhaços de granada, nos disparos entre traficantes e militares. Moradores chegaram a agredir soldados. Munição foi apreendida na zona.

O vice-presidente da República e ministro da Defesa, José Alencar, defendeu a Operação Asfixia, realizada pelo Exército em favelas cariocas com o objetivo de recuperar 10 fuzis e uma pistola roubados de um quartel em São Cristóvão, na Zona Norte, no início do mês. Ele esteve no Rio para uma série de compromissos em unidades militares e negou que a operação do Exército represente uma intervenção não declarada na segurança pública do Estado. (das agências de notícias)

8.3.06

Enquanto isso no Buckingham...


Imagino que para o ex-sindicalista Lula que sempre se opôs a coroa, um costrangimento desfilar rumo ao Buckinghamem em carruagens douradas, com toda comitiva que acompanhou a Londres. Usando um elegante sobretudo preto, chegou ao Buckingham em uma carruagem real, acompanhado da rainha Elizabeth II, e de um tradutor. Logo atrás, na segunda carruagem, estavam dona Marisa, e o marido da rainha, o Duque de Edinburgh, com outro tradutor. Nas cinco carruagens seguintes, estavam os sete ministros que ficaram hospedados em alguns dos 600 aposentos do palácio real, além de seis integrantes do seu staff.

A programação da comitiva brasileira inclui ainda visita ao Parlamento, a um centro de nanotecnologia, a uma exposição sobre a Tropicália (movimento cultural brasileiro do final da década de 60) e a um projeto social que promove a recuperação de bairros pobres da capital inglesa, Londres.

3.3.06

Humor na Net


Grande expectativa para o próximo show do Rolling Stones...

Foto: GeriatricTour

23.2.06

A situação continua...


Relatório do Ministério da Saúde publicado em janeiro de 2005 aponta que o Brasil tem, pelo menos, 689 áreas potenciais e efetivas de contaminação de solo com 1,94 milhão de moradores sob risco de exposição. Os lixões, segundo o estudo, estão entre as principais causas da contaminação.

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), dão conta de que 12,72% da população economicamente ativa encontra-se na faixa entre 7 e 17 anos, apesar de a Constituição Brasileira considerar a idade mínima de 14 anos para a condição de aprendiz, conforme prevê o inciso XXXIII do artigo 7°.

O IBGE confirma: há no Brasil, hoje, cerca de 5,5 milhões de crianças e adolescentes trabalhando. Desse total, em torno de 1,2 milhão estão no trabalho doméstico, mas metade não possui vínculo empregatício. Ciente dessa situação, o Ministério Público do Trabalho (MPT), desde 1999, elegeu a erradicação do trabalho infantil como sua primeira meta institucional.

Somente no Distrito Federal, diz o IBGE, 515.846 meninos e meninas, com idade entre 5 e 17 anos, trabalham executando todos os tipos de serviços, com jornadas excessivas e pouca ou nenhuma remuneração. No trabalho infantil doméstico as estatísticas mostram que existem 4.333 crianças e adolescentes, nessa faixa de idade.

A realidade estatística mostra que a maioria das crianças e adolescentes que exercem atividades domésticas é formada por meninas, negras ou pardas, que começam a trabalhar entre 10 e 12 anos, em jornadas superiores a 8 horas diárias em troca de casa e comida ou de salários em torno de R$ 40,00. Entre essas meninas, 4% revelaram-se vítimas de maus tratos e abusos.

http://www.riosvivos.org.br/canal.php?canal=167&mat_id=7333

11.2.06

Mania


A culpa foi da Santa e vou ser bem rápida para não doer.

Minhas Manias:
1. Não saio para as ruas antes de rezar. Antes que pensem maldades sou mais santa do que aquela. Trabalho para um órgão de pesquisa.
2. Antes de sair preciso colocar perfume (florais). Se não fizer isto estou nua.Se acabar o frasco fico em casa.
3. Um defeito: Sou tímida . Portanto a parte que mais conheço do corpo é o meu pé.
4. Não falo com ninguém antes de tomar café da manhã. Se falar pensam que chamei para uma briga.
5. Detesto Correntes. Não entro. Nunca :-)

Minhas vítimas:
Foram escolhidas a dedo: preparem as 5 manias e publiquem um post indicando os próximos. Vou inovar. Se preferirem podem deixar nos comentários (a Santa vai odiar!!)
Gorda
Híbrida
Clenira
Dona Lu
http://qcdane.blig.ig.com.br/imagens/acorrentada....jpg

7.2.06

As ruas não mentem, crianças também...


Embora o Governo queira mascarar a realidade brasileira, com inaugurações e discursos, são 11,5 milhões de crianças e adolescentes que vivem em estado de pobreza absoluta. Nas ruas desenvolvem várias atividades a fim de ajudar na reda familiar. Muitos sustentam sozinhos toda a família. AQUI

2.2.06

A campanha nas ruas....:)
Foto enviada sem autoria, se alguém souber por favor comunique o blog.

29.1.06

Café Impresso

"Consultem o IBGE. O site (www.ibge.gov.br) é do tipo "bonitinho, mas ordinário", feito por algum webdesigner iletrado que não entende nada de lógica de navegação. Mas os oráculos são assim mesmo, enigmáticos, e com um pouco de atenção o leitor encontrará a sessão relativa aos censos. É lá que a gente descobre o óbvio: o Brasil é um país jovem".
Mais uma tese crepuscular
Imagem: cologne-in.de/cafes/fotos/off_broa.

27.1.06

Homenagem


Celebridade como o ferro de engomar continua na mídia e chego a pensar que o post Harvard , publicado pelo Blog da Santa , começa ter sentido.

19.1.06

Arte e o urbano


Entre o grafismo e a pichação existem diferenças essenciais. O primeiro surgiu a partir de grupos ligados a arte: poetas, estudantes de arquitetura e de desenhos, dos quais a repressão dos anos 70 tirou o canal de expressão. A simples pichação, por sua vez, é um processo anárquico de criação, onde é mais importante transgredir, do que manifestar um processo criador. Com uma estética que busca o rabisco, o sujo, agride os padrões da cultura, transgredindo o estabelecido, o bem feito. Dando preferência aos lugares sacralizados - igreja, escolas, monumentos públicos -, busca chamar atenção para o autor ou para sua mensagem. Seus autores, geralmente, são jovens da periferia das grandes cidades. ("Grafite Pichação & Cia." - Celia Maria Antonacci Ramos - Editora Anablume - São Paulo - 1994).


ARTE E BANDIDAGEM
O grafite mostra um veículo das Rondas Ostensivas Tobias Aguiar (Rota) capotada e um grupo de PMs, cobertos de sangue, sendo baleados por bandidos, um deles usando um boné com as iniciais MDS (Morro do Samba). Segundo a polícia, o grafite teria sido pintado a mando de um traficante chamado José Dilson, o Birosca, ligado ao Primeiro Comando da Capital (PCC). Mesmo preso em Mirandópolis, no interior de São Paulo, ele continuaria a comandar o tráfico em vários pontos da Grande São Paulo.

15.1.06

Sem abrigo..., sem comentário...

Caminhando pelas ruas da minha cidade vou acompanhada apenas pelo meu silencio.
Caminhando pelas ruas da nossa cidade estou rodeada por outros silencios diferentes do meu...
Blog Desabafo de Miss-Devil, Portugal